Diferenciar é preciso!


Hoje em dia podemos afirmar que ser diferente, finalmente é aceitável e muito mais do que isto, é visto com bons olhos pelas pessoas e virou tendência. Ir na "contramão" das tendências que se popularizam e até deixar de segui-las, para assumir um estilo próprio e único, vem sendo um comportamento cada vez mais comum, principalmente entre os jovens. Quando começamos a analisar as tendências e perceber que não precisamos usar tudo o que é nos é dito e passamos a incorporar no nosso guarda-roupa a nossa personalidade, e treinar um olhar muito mais critico, apenas aquilo que realmente tem a ver com a nossa personalidade, nos tornamos pessoas bem mais estilosas do que as que seguem cegamente todas as tendências de moda.

Hoje, estamos vivendo em uma sociedade com uma juventude que não se contenta mais em ser igual aos outros. Queremos ser únicos, diferentes, por isso que a necessidade de customização e modificação de peças é cada vez mais comum.

Nessa onda do ser diferente, um grupo acabou chamando a atenção justamente por seguirem o estilo de "ser diferente", eles são os hipsters, viraram o foco da internet e posteriormente de outros veículos de comunicação, moda que eles seguem? O ser diferente. Há várias "definições" que o grupo ganhou, no início foram chamados de trendsetters, por sempre inovar, não apenas na forma de vestir, mas na forma de viver também. Por sempre buscarem algo novo, acabam na frente das tendências que já estão bombando e tornam involuntariamente, criadores de novas tendências, que depois acabam popularizando. Quando algo cai no "mainstream", ou seja, quando algo já está popularizado, os hipsters já estão com algo novo, ou simplesmente adotam um único estilo, bem próprio.

Dois representantes fortes desse grupo, são Zooey Deschanel e Johnny Depp, antes de seguirem qualquer tendência, eles têm um estilo único que não abandonam.  Os looks de Johnny Depp são perfeitos e cheios de estilo, mostra que ele não tem medo de ser diferente e ousar.

Os hipsters, sendo os grandes responsáveis pela moda do SER, acabou fazendo um novo mercado de moda, um mercado pra esse grupo que perdeu o medo de não seguir a massa,  o mercado para atender quem não quer a massificação cresce visivelmente, e os profissionais do ramo estão procurando sempre se atualizar e trazer coisas inovadoras pra atender essa exigente fatia do mercado.

Quem se deu muito bem foi a designer de jóias Pamela Love, quem não conhece, precisa conhecer! As suas peças são totalmente diferentes e criativas e dá pra entender perfeitamente, quando dá uma "Googlada" nela, ela tem um estilo de vida que harmoniza com o visual, a profissão e produto criado. Uma frase da moça: "Você pode comprar moda, mas não pode comprar estilo" uma definição que nos serve de inspiração.

Já chega de usar e pensar como todo mundo pensa, sair fora da caixa é um bom exercício que pode nos deixar mais confiantes em tudo na vida. É a hora da gente assumir que somos diferentes, temos todos gostos diferentes e não precisamos mais viver "padronizados". Ser diferente está na moda, é melhor aproveitar!

"Não busque aprovação do vizinho, busque aprovação do seu espelho" (Vovó Santa)

Beijos,
Clarisse Gomes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Vovó Santa.com.br © 2011 | Some Rights Reserved.